É fake! Respiradores comprados pelo Governo do Estado não custaram R$ 160 mil



O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Comunicação Social (Secom), esclarece que não foram comprados respiradores no valor unitário de R$ 160 mil. É falsa a informação que circula nas redes sociais e no aplicativo WhatsApp que o Governo da Bahia superfaturou ou comprou os equipamentos a preço superior à média do mercado global.

O valor médio das compras realizadas pelo Governo do Estado foi, até este momento, de U$ 18 mil dólares, quando a moeda estrangeira tinha cotação inferior a R$ 5. Vale destacar que as tentativas de compra de respiradores pelo Governo do Estado ainda não foram efetivadas, por conta da grande dificuldade para realizar esta aquisição em meio à disputa global pelo produto.

Com o objetivo de garantir ainda mais transparência às ações e operações financeiras realizadas pelo Estado durante a pandemia, o Governo do Estado criou o Comitê de Transparência do enfrentamento ao Coronavírus. A entidade terá a participação do Ministério Público (MPBA) e do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e se espelha em uma da mesma natureza criada no Ceará, com a finalidade de acompanhar todo o processo decisório, inclusive relacionado a compras, executado pela administração estadual no combate ao novo coronavírus.

OinformanteBa